sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Programa de Literatura Infanto- Juvenil-2010

Programa de Disciplina-Literatura Infanto- Juvenil
UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS



Av. José Mauro Gonçalves. 990 – Alto Social
Tel.: (38) 3 753 1605
FELIXLÂNDIA - MG

PROGRAMA DE DISCIPLINA

FUNDAÇÃO DE EDUCAÇÃO E ESTUDOS SOCIAIS DE FELIXLÂNDIA

CURSO: Normal Superior SEMESTRE: 2°semestre /2010


INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO

DISCIPLINA:Literatura Infanto- juvenil PERÍODO: 5°.

PROFESSORA: Bernadete Mônica de Lourdes Valadares.

CARGA HORÁRIA
SEMANAL: 04h/aulas TOTAL:80h/a



EMENTA

A leitura como prática desejante. O ler, o gostar de ler e o hábito de leitura. Características da Literatura Infantil e Juvenil. O percurso histórico: o tradicional, o popular e o folclórico; os contos de fadas tradicionais e contemporâneos .Monteiro Lobato. Resgate da cultura brasileira através da Literatura Infantil. A contação de histórias. Leitura e análise de obras representativas. Reflexões sobre a poesia, o teatro e a música popular. O livro infanto-juvenil e outros sistemas semióticos: linguagem verbal e não verbal no texto literário.A história em quadrinhos. O uso da biblioteca no cotidiano escolar como espaço de aprendizagem literária. Leitura e análise de obras representativas.


OBJETIVO GERAL

Apresentar conceitos e concepções essenciais ao processo de compreensão da Literatura Infanto - Juvenil, proporcionando às acadêmicas os subsídios necessários para desenvolver um trabalho de formação de leitores fundamentado no prazer de ler, promovendo a sonhada ligação entre a criança e o livro.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

- Identificar a história da literatura infantil dentro do processo de construção da modernidade, na Europa e no Brasil.
- Identificar uma concepção de literatura voltada para o leitor em formação.
-Identificar as várias tendências da literatura infanto- juvenil na atualidade.
- Estudar os gêneros mais comuns na literatura infantil: textos poéticos e narrativos incluindo a narrativa através de imagens.
- Promover a análise de obras literárias relevantes para o estudo em questão, bem como de seus respectivos autores.
- Interpretar e contextualizar textos variados em cada um dos gêneros estudados.
- Sugerir e construir projetos de leitura de obras literárias.
- Promover reflexões e comparações sobre o teatro, a poesia e a música popular.
- Conhecer a importância da Biblioteca como espaço cultural e lúdico.
- Fazer a releitura de contos de fadas, fábulas, etc.
- Despertar o gosto pelo lúdico, pelo fantástico, como forma de promover ações que valorizem a literatura e a divulgue no meio escolar.
- Reconhecer o papel da escola como ambiente de formação de leitores e o papel do professor como mediador e incentivador da tarefa de direcionar seus alunos para o mundo da literatura, buscando alternativas na formulação de projetos e desenvolvimento de ações inovadoras nesse sentido.


PROCEDIMENTOS DIDÁTICOS

- Aulas expositivas dialogadas.
- Atividades de leitura individuais e em grupos.
- Elaboração e apresentação de trabalhos de análise literária.
- Leitura dialogada de livros infantis.
- Encenação de histórias infantis.
- Declamação de poemas.
- Debates.
- Intervenção simulada.
- Contação de histórias.
- Oficinas variadas.
-Releitura de obras literárias.
- Seminário.
- Mostra temática.
- Audição de músicas e histórias.
- Exibição de vídeos / filmes.


RECURSOS DIDÁTICOS

- Livros, Revistas em quadrinhos, Gravuras, Recursos audiovisuais, Computador, Internet, Jornais, Revistas, CDs, DVDs, Mural, Cartazes, etc.



UNIDADES DE ENSINO

1- Literatura: Conceito, Histórico Natureza e Funções.
- O espaço da Literatura no currículo ou a leitura literária na escola.
- Métodos e técnicas para o estudo da Literatura.
2- A Literatura Infantil.
- Afinal, o que é Literatura Infantil.
- Histórico da literatura Infantil.
- Características da obra literária infantil.
- As Mil e uma noites...
- A importância do maravilhoso na Literatura Infantil.
- Livros e Infância.
- As histórias infantis como forma de consciência do mundo.
- O pedagógico e o literário na literatura infantil.
- O papel da escola na leitura de textos literários.
- A Literatura e o leitor criança.
- Tendências da Literatura Infantil brasileira.
3- Adaptar para ler.
- A faixa etária e o interesse pela Literatura Infantil.
4 - Estudo e análise das diversas modalidades da Literatura Infantil.
- Fábulas, contos de fadas, lendas, poesias, teatro para crianças, revistas em
quadrinhos, textos não verbais, etc.
5- Para gostar de ler.
6- O didatismo nos livros infantis brasileiros.
7- A leitura da literatura.
8- Ética, estética e afeto na literatura para crianças.
9- Pioneiros da Produção da Leitura Literária.
- Biblioteca Pública.
- Monteiro Lobato.
- A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil: FNLIJ
- A diversidade dos promotores da Leitura.
- Associação de Leitura do Brasil: ALB.
- As Feiras de Livro.
- O SESC, a leitura e o livro infantil.
- Os artistas do livro.
10- Por uma estante de literatura infantil – A tarefa de formar leitores.
11- O Folclore e sua utilização na escola.
12- Leitores e Livros em ação.
13- Uma palavra final para começar.
14- Textos de apoio:
- Desafio aos educadores – Gleidson Rodrigues.
- A relação adulto- criança na Literatura Infanto- Juvenil. – Fúlvia Rosemberg.
- O mundo fascinante dos livros – Biblioteca de Classe. – Olga Guimarães Germano.
- Cultivando o prazer da leitura: o prazer de ler desde pequeno. – Sttela Maris Moura Macedo.
- Ler rima com viver. – Cecília Maria Goulart.
- A ignorância é caríssima. – Affonso Romano de Sant`Anna.- Jornal EM.



RELAÇÃO DE ALGUMAS OBRAS LITERÁRIAS PARA LEITURA, RELEITURA E ANÁLISES

- O olho de vidro de meu avô – Bartolomeu Campos de Queirós.
- Onde tem bruxa tem fada. - Bartolomeu Campos de Queirós.
- O gato Malhado e a Andorinha Sinhá – Jorge Amado.
- História de dois amores – Carlos Drummond de Andrade.
- O menino Maluquinho – Ziraldo.
- O menino que fez a manhã nascer azul – Maria Inês Rezende – Ed. O Lutador.



PROPOSTA DE TRABALHOS ACADÊMICOS

- Leitura da obra O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, como pretexto para a criação de outra história de amor entre seres incompatíveis.
-Contação da história O Menino que fez a manhã nascer azul, com efeitos especiais: luzes, som. gestos, etc.
- Apresentação dramatizada do livro: Onde tem Bruxa tem Fada.
- Leitura do Livro O olho de vidro de meu avô, com o objetivo de produzir um relato de um aspecto ou fato marcante da infância do leitor.
- Coletâneas de contos do folclore local.
- Coletânea de cantigas de roda.
-Ilustração de estórias.
- Oficinas de poesia.


BIBLIOGRAFIA

1- AGUIAR, Vera Teixeira de. (coord.) ET AL.Era uma vez ...na escola. Formando educadores para formar leitores. Belo Horizonte: Formato, 2001.

2- CUNHA, Maria Antonieta.Literatura Infantil: Teoria e Prática.São Paulo: Ática.1990.

3- ________, Mergulhando na Leitura Literária: Proposta de Experiências para o Ensino Fundamental. Belo Horizonte: SEE/MG, 2002. 2v.( Lições de Minas).

4- FINOM – Literatura, Leitura e Aprendizagem – Guia de estudos 03. mod.II –Coordenação Pedagógica Instituto Prominas.

5- SALTO PARA O FUTURO: Ensino Fundamental I e II / Sec. De Ed. a Distância. Brasília: Ministério da Educação,SEED, 1999.

6 – SERRA, Elizabeth D`Ângelo( org). Ética, estética e afeto na literatura para crianças e jovens. São Paulo: Global,2001.

7- VEREDAS.Formação Superior de Professores: módulo 03. Belo Horizonte: SEE / MG.2003.


ANEXO 1


FORMAS DE AVALIAÇÃO

Serão distribuídos 100 pontos no período, da seguinte forma:

Primeira nota: 40 pontos assim distribuídos:
Prova individual sem consulta: 10 pontos.
Seminário ( Trabalho referente ao tema) :05 pontos.
Provão / Simulado: 05 pontos.
Trabalhos: 10 pontos
Prova em dupla sem consulta ou individual com consulta: 10 pontos.

Segunda Nota: 30 pontos assim distribuídos:

Prova individual sem consulta: 10 pontos.
Trabalhos e exercícios: 10 pontos.
Mostra Cultural e pedagógica: 10 pontos.

PROVA FINAL: 30 pontos.













“ A Literatura Infantil não funciona isolada do contexto cultural geral. Ela dialoga com as demais linguagens artísticas, porque também é uma construção histórica, como todas as manifestações culturais.” ( Glória Pondé).





Felixlândia , 28 de agosto de 2010.


____________________________________________________________
Bernadete Mônica de Lourdes Valadares – professora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário