domingo, 11 de abril de 2010

Mensagem (10/04/2010)



Mensagem proferida no final da missa de Formatura do Gestar II em Felixlândia.
10/04/2010
Santuário de N.Sra. da Piedade.

Irmãos em Cristo, caros cursistas, hoje formandos do GESTAR II,

A vida é um renascer perpétuo, um renovar a cada dia...
Esse ritmo universal nos envolve a todos e precisamos tomar consciência desse fluxo divino que tudo impulsiona, para renascermos sempre com Cristo, que hoje, de maneira especial, nos dá a sua paz e nos convida à reconciliação e à vivência fraterna...
É com esse espírito que estamos reunidos. Estamos vivendo a Páscoa e nossa vida reclama por renovação, desdobramento, expansão de consciência para níveis mais amplos e belos...
Somos educadores, temos consciência do nosso papel de formadores de opinião e da nossa missão de traçar destinos...
Por isso, sabemos da importância da formação continuada em serviço que o Gestar II veio nos proporcionar. Foi com muita disposição e abertura para o novo que participamos de cada uma das oficinas, partilhando experiências, socializando saberes e alargando nossos horizontes, visando ao bem-comum.
Hoje aqui estamos felizes.E, diante do mestre dos mestres, queremos agradecer a oportunidade de crescimento profissional que tivemos.
Nós, formadoras e cursistas, crescemos juntos no diálogo, na solidariedade, na construção de novos conhecimentos e principalmente, na busca de uma nova prática profissional.
Nos encontros, foram nascendo formas criativas de fazer em sala de aula e pode-se manter o afeto mesmo que em situações de divergência de opiniões. O respeito às diferenças e as argumentações qualificaram o trabalho conjunto fundado no respeito e na ética.
Construímos suporte para que o saber fosse construído no diálogo entre os presentes; buscamos incentivar o desenvolvimento da socialização de experiências.
. E do debate a partir de diferentes pontos de vista surgiram novos fazeres, novas formas de expressão da cultura que, com certeza, enriqueceram a prática de todos os cursistas.
Como formadora, estou feliz! Sinto-me realizada, experimentando o gostinho do dever cumprido.
Sei que os cursistas também estão felizes, bem como a minha colega Lucinéa, formadora de Matemática.
Queremos agradecer a Deus pela dádiva e agradecer a todos que participaram desse projeto, desde a Dilcéa, diretora superintendente da SRE de Curvelo-MG, o prefeito Marconi, a Secretária Municipal de Educação Maria Eliane C. Borba, as coordenadoras pedagógicas da SRE de Curvelo: Leila e Geralda, a cada um dos cursistas, as diretoras das escolas onde os cursistas atuam, bem como as supervisoras pedagógicas que acompanharam e apoiaram o processo em cada escola, enriquecendo-o.
Agradecemos de maneira carinhosa aos alunos que participaram das atividades propostas, validando nossas experiências pedagógicas.
Enfim, agradecemos a todos os presentes, aos familiares e amigos dos cursistas e ao padre Raimundo que celebrou conosco esta vitória.
Que Deus nos abençoe!...
Sigamos confiantes. Muitos desafios nos esperam.Fortalecidos pela luz do Cristo Ressuscitado, lutaremos por uma educação mais humana e eficaz, colocando em prática as lições aprendidas nas oficinas do GESTAR II . Amém!!!
(Bernadete Mônica de Lourdes Valadares -professora- formadora de Língua Portuguesa).

5 comentários:

  1. Que maravilha!
    Com Deus ao nosso lado, sem dúvida, tudo se torna mais fácil, a força vem para superar os obstáculos, que sem Ele seriam intransponíveis.
    Beijão,
    Cida

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!
    Nada como terminar mais uma etapa da vida com oração. Nossa Senhora da Piedade continuem abençando todos vocês.

    Um grande abraço e não desapareçam!

    Alzeni

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bernadete. Gostei bastante do seu blog. Agradeço o seu comentário pra lá de generoso no Consoantes Reticentes. Tô te seguindo doravante. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bernadete!
    Já estou com saudades das nossas postagens do GESTAR II.
    Quanta coisa bonita e interessante!
    Não percamos contato.
    Beijão,
    Cida.

    ResponderExcluir
  5. Oi, moça!
    Voltei para agradecer pelo comentário no meu post.
    Você se definiu por lá como aprendiz de poeta...
    Acho que os poetas já nascem prontos.
    As palavras deles é que ficam todas guardadinhas na mente e no coração esperando a hora de sair. Se você libertou as suas, que elas sejam bem-vindas!!!
    Boa sorte,
    Abração,
    Cida.

    ResponderExcluir